1-nokia_lumia_925_color_range

Um grupo de pesquisadores da Universidade Queen Mary de Londres (Reino Unido) em colaboração com a Nokia desenvolveu um sistema baseado em nanogeradores, que permitem a recarga de smartphones através do som ambiente da música, o tráfego (engarrafamento) ou a voz do usuário.

Foram utilizadas propriedades do óxido de zinco, um material que é capaz de criar voltagem que se converte a energia do movimento em energia elétrica. Os componentes chamados nanorods são capazes de responder à vibração e movimento do ar gerado pelo som, tal mecanismo pode estar presente nos smartphones do futuro.

A integração desses “coletores de som” acontecerá (por exemplo) através de um spray com os componentes químicos necessários para cobrir uma capa de plástico com esse óxido de zinco. Ao aquecer essa superfície a 90 graus, os nanorods se prolongam em toda a superfície aplicada.

O método aplica uma lâmina desse material, e nos testes, conseguiram gerar 5 volts para recarregar um Nokia Lumia 925. É voltagem suficiente para recarregar o smartphone sem maiores problemas.

Um dos responsáveis pelo estudo, o doutor Joe Briscoe, informa que o conceito é “algo empolgante”, e que eles querem tornar o projeto viável para uma produção em larga escala o quanto antes possível.

Via Phys.org