capcom-logo-street-fighter

A Capcom anunciou uma reorganização na sua empresa, que vai resultar na criação de uma divisão móvel, onde eles pretendem entrar com força no mercado de games para smartphones.

O segmento dos videogames para smartphones é uma fatia de mercado muito grande e muito apetitosa. A melhor parte é que ele vai seguir crescendo substancialmente durante os próximos anos, até chegar na marca de US$ 37.5 bilhões em 2019, contra os US$ 27.5 bilhões em 2015. Com tais expectativas de crescimento em mente, não é de se estranhar que a Capcom queira se lançar nesse segmento, ainda que (pelo menos por enquanto) apenas três franquias serão lançadas para o segmento mobile: Mega Man, Monster Hunter e Sengoku BASARA.

Já é um lançamento mais interessante que o da Nintendo, que segue mantendo longe do setor móvel as suas principais franquias (Mario Bros, Zelda, Metroid e Donkey Kong), mas não podemos descartar que a Capcom também vai levar par ao setor móvel as adaptações de outras de suas franquias.

mega-man-capcom

Como antecipamos, veremos quatro jogos para o setor móvel por parte da Capcom antes do final do seu atual ano fiscal (março de 2017). Três desses jogos estão baseados nas franquias já citadas, e o quarto será uma surpresa cujos detalhes não foram revelados. Senão, deixa de ser surpresa.

O futuro dos games parece mesmo estar nas plataformas móveis, especialmente os smartphones e tablets. Não só por conta da mobilidade, mas pela praticidade de adquirir itens dentro do próprio jogo, e pagando pouco por isso. Alias, o preço reduzido para a venda de jogos faz com que os títulos sejam mais conhecidos a longo prazo, por conta dessa acessibilidade e do baixo custo.

Via SlashGear