O iPhone é legal, bem completo, tem todos os aplicativos que você precisa… mas por algum motivo ignorado por você (e naturalmente estranho para os adeptos da Apple), você se cansou do fato do iOS ter sempre a mesma cara, de não ter toda a liberdade para personalizar o sistema (sem depender de um jailbreak), e acha que o problema do Mapas foi a gota d’água. Muito bem, você tem direito a escolher outro smartphone para chamar de “seu”, e outro sistema operacional móvel, para começar a conhecer um novo mundo cheio de possibilidades.

Para você, que sabe dos riscos e consequências do que vai acontecer com a troca de sistema operacional, mas quer mesmo mudar de fase e correr todos os riscos com essa troca, vamos aqui mostrar algumas das melhores opções nos principais concorrentes da Apple nesse mercado. O Android e o Windows Phone contam com aparelhos muito interessantes para aqueles que não tem medo de se arriscar, e querem explorar as novidades nos concorrentes.

Não vou aqui citar as opções com Symbian e BlackBerry OS por um motivo muito simples: ninguém quer andar para trás nessa vida, não é mesmo?

 

Android

O sistema operacional móvel mais usado no mundo, com 1.3 milhão de ativações por dia amadureceu, e hoje, é uma opção tão boa quanto o iOS (veja bem, tão boa não quer dizer tão completa). A Google Play Store se tornou uma loja de aplicativos bem completa, e no meu caso em específico, 95% dos aplicativos que considero os mais importantes para o meu iPhone eu encontrei na loja do Android. Ou seja, a transição é bem tranquila.

Os principais fabricantes de dispositivos móveis (e os pequenos fabricantes) contam com smartphones com a presença do sistema Android. Mas, nesse mar de dispositivos, destaco três modelos que considero (até o momento, pois as coisas mudam com certa rapidez no mercado Android) os melhores por motivos diferentes, e que são excelentes opções de investimento para aqueles que querem adquirir um smartphone do robozinho no futuro.

Samsung Galaxy S III

É, hoje, considerado o melhor smartphone Android do mercado. Afinal de contas, possui um processador quad-core, 1 GB de RAM, um chip gráfico poderosíssimo, e uma bateria de 2.100 mAh. Está prestes a receber a atualização para o Android 4.1 Jelly Bean (em alguns mercados ele já está disponível), o que vai colocá-lo em um outro patamar. A Samsung conseguiu mais uma vez: esse é o terceiro smartphone “top” dos coreanos, que é qualificado como o melhor Android que o seu dinheiro pode comprar.

Samsung Galaxy X (ou Galaxy Neuxs)

Este é outro excelente smartphone. O Galaxy Nexus (ou X) é feito para os usuários que querem a experiência do Android em estado puro, do jeito que o Google idealizou, e sem nenhum tipo de personalização por parte das operadoras e fabricantes. O resultado disso é um smartphone com um desempenho muito fluído, com uma performance impecável e, o mais importante, com a atualização do sistema Android de forma mais rápida que os demais modelos. Pode contar com menor memória de armazenamento (16 GB) e uma câmera teoricamente inferior (5 MP), mas no final das contas, se esse é o smartphone Android que o Google sempre sonhou, eles estão de parabéns por pensarem assim.

Motorola RAZR MAXX/RAZR HD

Aqui, na verdade, podemos colocar dois ou três modelos da Motorola em um mesmo grupo. O RAZR MAXX é uma escolha pessoal por um simples motivo: autonomia de bateria. 3.300 mAh é o sonho de todo geek, e esse, eu consegui realizar. Ter um smartphone que trabalhe de forma plena, com a garantia que o mesmo vai funcionar o dia inteiro é algo que realmente pesa na escolha. Dentro da mesma linha de produtos, destaco o RAZR HD, que é o antigo Motorola RAZR, mas com a capacidade de alta resolução, e a versão do RAZR com processadores da Intel, que será anunciado no Brasil no começo de outubro. Mais detalhes, eu conto aqui no TargetHD.

 

Windows Phone 8

Se o Android não te agrada muito, e você quer experimentar algo realmente novo, a minha dica é “espere até novembro”. O Windows Phone 8, a versão mais recente do sistema operacional móvel da Microsoft, está chegando ao mercado, e essa nova versão promete ser ainda mais madura e mais completa em recursos do que a versão anterior. E de tudo que a Microsoft mostrou até agora (segundo eles mesmos informaram, “ele pode ir além do que já mostramos”), a promessa foi cumprida, e podemos dizer que a Microsoft está entrando no jogo.

No momento, os seus principais parceiros nessa empreitada são a Samsung, a HTC  e, principalmente a Nokia, que aparece como o carro chefe do sistema. Logo, as principais indicações desse post são da fabricante finlandesa.

Nokia Lumia 920 PureView e Nokia Lumia 820

As duas primeiras apostas da Nokia com Windows Phone 8 são ofertas bem interessantes, com um hardware robusto, que promete uma performance prazerosa e consistente, e são até similares nas suas especificações, mas com diferenças pontuais nos seus recursos. A principal diferença entre os dois está na câmera: o Lumia 920 PureView conta com um sensor de 8 megapixels com tecnologia PureView, conectividade NFC e uma tela de 4.5 polegadas com PureMotion HD+. Já o Lumia 820 possui um sensor sem o PureView, não possui o NFC, e uma tela mais simples, com 4.3 polegadas.

Apesar da Nokia diferenciar os dois modelos como linha alta (Lumia 920 PureView) e linha média (Lumia 820), as principais especificações de hardware são as mesmas para os dois smartphones: processador Snapdragon S4 de 1.5 GHz dual-core, 1 GB de RAM, conectividade 4G LTE e slot para cartões microSD. Os produtos só chegarão ao mercado a partir do lançamento do Windows Phone 8, e sabe lá quando os modelos vão chegar ao Brasil. Mas, para quem gostou do Windows Phone 7, vale a pena guardar a grana até lá.

 

E o BlackBerry 10?

A Research in Motion está preparando o seu tiro de misericórdia, com o lançamento do seu primeiro smartphone com o novo sistema móvel para o primeiro trimestre de 2013. Quem testou, disse que o sistema é promissor, com boa performance e um teclado virtual impressionante. A pergunta que fica é: quando ele chegar ao mercado, já não será tarde demais? Afinal de contas,os lançamentos dos concorrentes para esse final de ano oferecem propostas muito tentadoras, com uma grande oferta de aplicativos. Se você não tem pressa nenhuma, e pode esperar seis longos meses, quem sabe esse não te agrada?

Essas são apenas algumas dicas para você trocar o seu iPhone para outro smartphone com desempenho e possibilidades que satisfaçam quem está disposto a fazer a mudança. Existem outras opções que se ajustam ao bolso e às expectativas de diversos tipos de usuários. Porém, estas aqui se encaixam entre as melhores. Deixe suas dicas de outros bons smartphones nos sistemas Android e Windows Phone nos comentários do post.