A programação da Campus Party Brasil 2011 colocará em foco um dos assuntos cada vez mais em pauta, a confiabilidade das informações nas redes sociais. Onde buscar fontes de informação segura nas redes sociais? Como saber em quem confiar, já que qualquer um pode publicar conteúdo? Como as relações sociais afetam a credibilidade da informação? Como saber se o conteúdo é crível? Como separar o que é bom? Esses são alguns dos temas que serão debatidos na mesa mediada por Gil Giardelli, coordenador do Centro de Inovação e Criatividade da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM).

“O primeiro passo é verificar quem é o emissor do conteúdo e se ele tem uma consistência na rede”, adianta Giardelli. “É preciso lembrar que é tudo muito novo na era das redes sociais, não deu tempo de criar um manual de boas maneiras. Será empírico, fazer, ajustar, refazer! Um mundo novo, onde não podemos usar velhos mapas para descobrir novas terras.”

Para ajudar os visitantes da Campus Party a entender um pouco melhor o universo das redes sociais, o evento foi buscar alguns dos melhores especialistas para participar da mesa redonda:

·        Demi Getschko, considerado um dos “pais” da internet no Brasil e diretor-presidente do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), entidade civil sem fins lucrativos que implementa as decisões e projetos do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI);

·         André Forastieri, crítico musical, ex-editor da revista Bizz e criador das revistas General e Herói. Hoje é diretor da Tambor Gestão de Negócios, responsável pelas publicações PC Magazine, Nintendo World e EGM Brasil, além dos sites herói.com.br e MSN Jogos;

·        Ana Brambilla, jornalista e mestre em Comunicação, foi cidadã-repórter do noticiário sul-coreano OhmyNews, lecionou jornalismo no Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Porto Alegre e, atualmente, é editora de Mídias Sociais do portal Terra;

·        Alexandre Matias, ex-editor da extinta revista Play, a primeira publicação voltada aos internautas brasileiros, atualmente é editor do caderno Link, do jornal O Estado de S. Paulo, além de manter o blog Trabalho Sujo, sobre cultura pop.

O debate acontece no dia 19 de janeiro, a partir das 11h15, no palco Social Media.

via assessoria de imprensa