O TargetHD.net cobriu a entrevista coletiva de abertura da Campus Party Brasil 2010 para jornalistas e bloggers credenciados, no final da tarde de ontem (25/01). Ela foi realizada com Marcelo Branco, Sérgio Amadeu, Mario Teza e outros responsáveis pelo evento.

Algumas informações novas apareceram sobre esta terceira edição da Campus Party. 553 atividades foram programadas para o evento deste ano, sendo que as que terão maior destaque são as palestras apresentadas pelos convidados interacionais do evento (Kevin Mitnick, Scott Goodale, etc). São estimados de 10 a 12 mil pessoas presentes na área dos campuseiros, e mais de 100 mil pessoas visitando a área Expo.

Para esta edição 2010, foram investidos mais de R$ 7,5 milhões, além de R$ 5,5 milhões que vieram de parceiros comerciais. Eles avaliam que a grande vedete do evento (a internet de 10 Gbps) não tem valor a ser estimado, uma vez que é considerado um recorde mundial de velocidade. Aliás, a Campus Party Brasil, nos seus números, já é considerada a maior do mundo, pelos seus organizadores.

Nesta edição, temos representantes de soluções e inovações tecnológicas de diversos países do mundo, como Espanha, Bélgica, Alemanha, Estados Unidos, etc. Para se ter uma ideia disso, o Headbang Hero, game interativo onde o jogador usa uma peruca e mexe a cabeça “freneticamente” para executar os comandos do jogo, é de uma parceria entre um brasileiro e um português, estudantes em uma universidade na Suíça, que nasceu de uma Campus Party europeia.

Um dos pontos mais importantes da coletiva foi a afirmação de que o evento é um evento de pessoas conectadas, muito mais do que de computadores. Uma das frases ditas foi: “mais do que angariar dinheiro, nosso objetivo é ajudar a formar um país conectado”. O objetivo maior da Campus Party Brasil é mostrar a evolução brasileira na internet e tecnologia, além de fazer do evento uma referência internacional nesta área.