A Canon anunciou o lançamento oficial de sua câmera DSLR EOS 650D, uma atualização do modelo 600D, um dos modelos mais populares de 2011. A nova câmera recebe um novo sensor, novo motor de processamento de imagens e uma tela sensível ao toque, para acesso mais simples às suas funções e ajustes.

As principais novidades da nova EOS 650D estão no seu sensor CMOS híbrido de formato APS-C com 18 MP de resolução efetiva, um novo processador de imagens DIGIC 5, que é mais rápido que o modelo anterior, e um sistema de foco automático de nove pontos, que a Canon “pegou emprestado” do modelo EOS 60D, que promete um foco muito mais rápido e eficiente. A nova 650D tem, como a maioria das câmeras Reflex digitais com espelho, um modo de disparo contínuo, capaz no seu caso de alcançar uma velocidade de cinco capturas por segundo. A sensibilidade se mantém equiparada a da geração anterior, indo de ISO 100 até ISO 12.800 natural (no modo forçado, pode chegar até ISO 25.600, para as condições de luz mais baixas).

Mas talvez a característica que mais chame a atenção no lançamento é a sua nova tela Vari-Angle Clear View LCD II de 3 polegadas, com 1.040 pontos de definição. É a primeira da sua categoria a incluir uma tela touch para acesso aos recursos da câmera. Com o controle de toque, podemos escolher a área de foco, monitorizar as faces e objetos dentro do quadro e ajustar em detalhes as opções de imagem pelo sistema “Quick Control” da câmera.

O usuário também pode gravar vídeos em Full HD a 29, 25 ou 24 FPS, com áudio captado por um microfone estéreo integrado na parte superior do corpo da câmera, além de permitir a conexão de um microfone externo. Possui os conectores típicos, como porta USB, slot para cartões de memória e saída mini HDMI.

A Canon EOS 650D chega ao mercado europeu nesse mês de junho, com preço sugerido de 800 euros. Nos Estados Unidos, ela será lançada com o nome Canon Rebel T4i, com um preço de US$ 849. Nos dois casos, a câmera é vendida sem a objetiva (opcional).

Via Gizmologia