Brillo-01

O Google apresentou no Google I/O 2015 o Project Brillo, uma nova plataforma baseada no Android que vai se transformar no sistema operacional da chamada Internet das Coisas.

O software nasce como um derivado do Android, mas sem perder a sua essência, já que foi desenvolvido para funcionar em equipamentos de baixo perfil, para que o hardware não seja um motivo para preocupação na hora de se obter um bom desempenho. Além disso, o Google desenvolveu o protocolo Weave, que vai servir para que o Brillo, os dispositivos e a internet possam se entender e interagir entre si.

De fato, na parte de software, ficaram apenas as capas ‘mais baixas’ do Android no Brillo, que vai suportar WiFi e Bluetooth Low Energy, até mesmo para trabalhar com o Weave. A ideia é que essa seja a linguagem comum entre os dispositivos envolvidos, inclusive com dispositivos que utilizam outros sistemas operacionais. Ou seja, o Weave é multiplataforma.

Brillo-02

Durante a apresentação, também foi mostrado como os dispositivos Android poderão detectar outros dispositivos com Brillo, ou que se comuniquem via Weave ao seu redor. Com isso, o Google propõe o seu próprio padrão para a Internet das Coisas. O grande desafio para a empresa agora é convencer os fabricantes que sua solução é a melhor alternativa disponível.

O Brillo não chegará aos desenvolvedores antes do terceiro trimestre de 2015, enquanto que o Weave só será lançado no quarto trimestre desse ano.