brasil-cabo-submarino-internet

O governo brasileiro tem um novo objetivo: construir o seu próprio cabo submarino de internet, para evitar que os dados fiquem expostos ao governo dos Estados Unidos. A instalação deve ficar pronta em 2016, e terá 5.6 mil km de extensão, e vai unir as cidades de Fortaleza (Ceará) e Lisboa (Portugal).

A instalação ficará por conta da Telebrás, em parceria com a Islalink, empresa espanhola especializada nesse tipo de cabos. O projeto recebeu o sinal verde depois de meses de desenvolvimento, e vai custar 175 milhões de euros.

brasil-cabo-submarino-internet-02

Acima, podemos ver o cenário atual dos cabos submarinos ao redor do planeta. Tais cabos usam fibra ótica e são protegidos de forma que eles resistam à pressão, o passar do tempo e possíveis ataques da fauna e flora marinha. Eles tornam possível o acesso em milissegundos a um site que está alojado em um servidor do outro lado do planeta.

Não é por acaso que o Brasil seja um dos impulsionadores desse projeto, já que suas relações diplomáticas com os Estados Unidos não passam pelo seu melhor momento. Dilma Rousseff reclamou em mais de uma oportunidade sobre a espionagem internacional feita pela NSA, e chegou ao ponto de ameaçar criar a sua própria internet.

Anhan… sei…

Via Wired