Um vazamento revelou os detalhes do BlackBerry Ontario, smartphone que foi cancelado pela canadense antes de licenciar sua marca para a TCL.

O Ontario contava com linhas de design bem marcadas pelo BlackBerry Z30, deixando de lado o teclado físico, e seria comercializado como um top de linha, já que contava com especificações técnicas consideradas elevadas para um smartphone de 2014. Aqui, destacamos o processador Snapdragon 800-801 quad-core a 32 bit e 2 GB de RAM.

O BlackBerry Ontario seria comercializado no final de 2014, contando com o sistema operacional BlackBerry 10.3, mais uma aposta dos canadenses que foi descartada. O modelo deu lugar ao BlackBerry Passport, que trazia o desejado teclado físico.

Jamais saberemos se o BlackBerry Ontario faria sucesso, já que não contava com nenhum diferencial atrativo. E vendo a fraca acolhida que tiveram os modelos Z10 e Z30, não imaginamos que ele poderia ter salvado a empresa do resultado que todos testemunharam.

 

Via CrackBerry