blackberry-mercury-leak

 

Apareceram na internet as primeiras imagens do BlackBerry Mercury, o último smartphone dos canadenses com fabricação própria.

Depois de uma série de quedas e promessas não cumpridas, a BlackBerry decidiu passar a fabricação dos seus smartphones para a TCL, que basicamente constrói réplicas dos modelos da Alcatel com a marca canadense.

A migração para o Android deixa um futuro negro para o BlackBerry OS, mas John Chen já avisou que os teclados QWERTY físicos voltariam ao catálogo. E pode ser pelas mãos desse BlackBerry Mercury.

 

 

O último BlackBerry fabricado pela BlackBerry

 

Nas imagens, vemos algumas características interessantes, como por exemplo um teclado que não se esconde na tela como acontece no BlackBerry Priv, ou um smartphone com Android puro (tudo indica que será o 7.0 Nougat).

Não são poucos os fãs da marca que se distanciaram da mesma por conta da sua pouco competitividade e oferta de dispositivos nos últimos anos, sendo arrastados para um Android que, salvo exceções, oferecia quase tudo o que a BlackBerry tinha em sua loja, e de forma oficial.

Os apps mais importantes do mercado se distanciaram do sistema operacional dos canadenses, e a mudança para o Android foi a saída para a marca se manter no mercado. Assentaram a decisão ao adicionar o seu software de segurança no sistema operacional da Google, oferecendo um plus em tempos pouco seguros.

O futuro BlackBerry com teclado físico apareceu timidamente em novembro, em declarações do seu CEO. Mas veio acompanhado da notícia que seria o último smartphone 100% da marca.

Esperamos mais informações sobre o modelo que pode entrar para a história por encerrar uma das histórias mais expressivas do mercado mobile.

 

Via Frandroid