blackberry Mercury

 

A BlackBerry desistiu do mercado mobile. O elogiado BlackBerry Priv não tinha preço para ser considerado uma opção entre os tops de linha.

Recentemente, a empresa lançou os modelos DTEK50 e DTEK60, voltados para a linha média empresarial, mas não estavam dispostos a investir muito nesses dispositivos.

Estes dois modelos foram fabricados pela TCL, que agora possui os direitos de uso do nome BlackBerry em todo o planeta, exceto em cinco países onde os canadenses precisam entrar em acordo com outra fabricante.

O BlackBerry Mercury está a caminho, e representa a volta do teclado físico aos modelos da marca.

 

 

Estas duas imagens mostram um smartphone que tem como principal chamariz o teclado físico, que recebe um leitor de digitais na barra de espaço. Além disso, três botões capacitivos abaixo da tela permitem a interação mais rápida com o dispositivo.

O corpo do BlackBerry Mercury é fabricado em alumínio, e sua tela terá laterais curvas. No seu interior, ele recebe o Snapdragon 821, o mesmo processador presente no DTEK60.

Sobre a sua bateria, armazenamento interno ou RAM, ainda não temos informações.