Os testes de resistência do BlackBerry KeyOne já acusavam sobre sua fragilidade, e agora alguns proprietários do dispositivo denunciam em fóruns na internet que a tela do smartphone está se descolando do seu corpo.

Não são poucos que estão reclamando disso, e este é um defeito curioso e surreal, já que não é algo complicado de forçar.

Ao que parece, quedas leves e de poucos centímetros de altura estão separando a tela do telefone, mantendo as demais conexões intactas e mantendo o dispositivo funcionando.

Outros usuários comentam que basta tirar o telefone do bolso para ver a tela completamente separada do dispositivo, sem qualquer tipo de golpe ou torção (aparentemente).

Tudo indica que este é um defeito de fabricação do BlackBerry KeyOne, que pode (e deve) ser resolvido nas remessas posteriores.

Por enquanto, a solução idônea passa por contatar a BlackBerry para solicitar a reparação ou substituição do dispositivo. O que é péssimo para a marca, que quer se recuperar no mercado mobile, e para um dispositivo que era considerado por muitos uma interessante aposta dos canadenses, na tentativa de renovar o interesse dos usuários pelos dispositivos com teclado físico.

 

 

 

Via  The QBGR