650_1000_blackb

A BlackBerry volta a apostar no formato que sempre deu certo para eles, e (finalmente) apresentou o BlackBerry Classic, com um design tradicional e o teclado QWERTY físico tão amado por seus defensores. O modelo já era um velho conhecido nosso, mas apenas hoje se tornou um produto oficial.

Design tradicional? Sim. Mas com um software moderno, que luta contra a ausência de aplicativos (adaptando muitos do Android para a sua plataforma). O BlackBerry Classic possui uma tela de 3.5 polegadas (720 x 720 pixels), e possui um formato mais retangular em relação ao Passport (que é quadrado), mais pensado para ser utilizado com uma das mãos.

O processador é um Qualcomm de 2012 com dois núcleos, trabalhando com 2 GB de RAM. Uma combinação estranha, onde parece que a RAm será elemento chave para garantir um bom desempenho e competente multitarefa.

O Classic coloca o trackpad na sua posição original, em um pequeno painel abaixo da tela. É possível utilizar diferentes gestos ou que o mesmo atue como um cursor. A tela é touch, facilitando a interação com o sistema.

650_1000_class

O teclado é um dos aspectos mais icônicos do produto. É uma evolução do que vimos no BlackBerry Bold 9900. A diferença é que dessa vez temos 40 teclas distribuídas em linhas retas, e não em curva. Cada tecla foi desenhada de forma individual, para que saibamos onde começa e onde acaba a tecla com um simples toque, mantendo as barras de aço entre as linhas, e a sensação de toque quando pressionamos.

O BlackBerry Classic possui uma bateria de 2.512 mAh, e levando em conta o tamanho e resolução de tela, é de esperar que sua autonomia de uso sela elevada (um dia sem problemas, pelo menos).

O dispositivo possui 16 GB de armazenamento (expansíveis via microSD), câmera traseira de 8 megapixels (com vídeos em Full HD), câmera frontal de 2 megapixels e sistema operacional BlackBerry 10. O sistema conta com assistente de voz e é compatível com os aplicativos Android sem a necessidade de conversão do APK.

O BlackBerry Classic não tem preço, nem disponibilidade para outros países definida.

 

Via BlackBerry