bitcoin

Um bitcoin valia US$ 10 mil… em 28 de novembro. Se é bolha ou não, pouco importa. Fato é que a moeda virtual tem sua cotação crescendo exponencialmente, alcançando os US$ 20 mil por bitcoin.

Enquanto alguns previram isso e investiram seu dinheiro no momento certo, outros só se tocaram disso recentemente. E é esse o único motivo plausível para esse tipo de aumento do valor do bitcoin. Afinal de contas, o valor dobrou em apenas um mês.

A febre do bitcoin está resultando em recordes. A moeda virtual que nasceu em 2009 era uma alternativa para a economia que tinha estrutura descentralizada. Não é controlada por ninguém e supera qualquer previsão. Seu valor aumentou 20 vezes em menos de 12 meses. E 2017 ainda não acabou.

 

evolução do bitcoin em 2017 - Bitcoin vale US$ 20 mil, e só levou 19 dias para dobrar o seu valor

 

O aumento meteórico de sua cotação provoca vários debates e divide opiniões. Há tantas razões e argumentos para ver o cenário como uma bolha ou como a moeda do futuro. De qualquer forma, para quem quer se beneficiar disso tudo, as atividades não param nas casas de câmbio, mineradores e empresas que vendem hardware especializado ao minério.

Enquanto outras divisas estão presas aos valores tangíveis ou organizações governamentais, o bitcoin cresce pela confiança depositada pelos usuários. Seu valor não é afetado pela economia de um país, e a atenção que ela recebe pela imprensa e usuários faz com que seu valor só aumente.

Por fim, para o bitcoin perder valor nesse momento apenas quando perderem a confiança na moeda (proibição por parte de autoridades, ataques e roubos, perda de interesse, etc), e nada disso está acontecendo nesse momento.

Pelo contrário.

 

Via CoinMarketCap