Bill Gates

 

Casa de ferreiro, espeto de pau.

Bill Gates, co-fundador da Microsoft, falou sobre o uso da tecnologia entre seus filhos. E, diferente do que muitos pensam, o acesso aos gadgets é meio restrito quando você é filho de uma das figuras mais importantes no mundo tech.

Bill revelou que seus filhos não tiveram um celular até que completassem 14 anos de idade. E essa não foi a única regra aplicada em sua casa.

Bill e Melinda Gates tem três filhos: Jennifer, Rory e Phoebe. Todos hoje podem usar smartphones, já que a mais nova, Phoebe, completou 14 anos. Gates não cita quais smartphones são.

A restrição também se aplica ao tempo de uso dos dispositivos móveis da residência. Gates estabelece que, a partir de um determinado horário, ninguém mais faz uso do smartphone em casa, para que as crianças possam dormir em um horário razoável. Não sabemos quanto tempo de sono que Bill considera o ideal, ou se seus filhos de 20 e 17 anos conseguem seguir essa norma.

O foco de Bill Gates parece ser algo tradicional e prático, e ele busca que seus filhos sempre tenham contato com seus amigos, em uma convivência normal. Com uma tecnologia que evolui para que possamos compartilhar mais e mais constantemente, na residência Gates o uso de smartphones durante as refeições está proibido. Apenas para dar um exemplo do foco conservador do executivo.

É importante lembrar que, quando Gates tinha 14 anos, o ano era 1969. O homem chegava à lua, mas não existia nenhum rastro dos celulares como conhecemos hoje.

Naquela época, Gates se divertia em encontrar e explorar falhas em mini-computadores PDP para obter mais tempo de uso de graça. Não sabemos se esta era a melhor forma de se comunicar com amigos, tal e como ele prega com seus filhos hoje.

Mas… sabe como é… ele virou pai, e sua mentalidade mudou muito de lá para cá.

 

Via Mirror