series-7-part-2-coming-soon-trailer-5

Normalmente esse tipo de pauta seria mais adequada para o SpinOff.com.br, mas como está diretamente relacionada ao mundo da tecnologia, estamos publicando no TargetHD. Apenas duas semanas depois da ESPN anunciar o fim do canal ESPN 3D, o canal britânico BBC anunciou o fim de suas transmissões no formato tridimensional para o mês de novembro de 2013, com 0 episódio especial de 50 anos da série Doctor Who.

O motivo para o fim das transmissões em 3D da BBC foi basicamente o mesmo dado pela ESPN: falta de interesse do telespectador no formato. Segundo Kim Shillinglaw, responsável pela programação 3D do canal, afirmou que o formato não deslanchou, pois a audiência achou o sistema “bastante confuso”.

Por outro lado, diferente do canal esportivo norte-americano, a BBC não dá o fim definitivo do seu projeto de programação em 3D. Shillinglaw afirmou que as coisas podem mudar quando a economia europeia melhorar, ou quando o interesse do telespectador pelo 3D se tornar algo mais evidente e efetivo.

Outro motivo que o executivo dá para o fracasso do 3D são os comportamentos diferentes dos telespectadores quando estão em casa e no cinema. “Quando vemos TV, nos concentramos de uma forma diferente. Quando vamos ao cinema, estamos acostumados a fazer uma única coisa. Acredito que esse é um dos motivos para que a adoção da TV 3D tenha sido algo tão decepcionante”.

Kim não deixa de ter razão. A cada ano, as pessoas estão assistindo menos e menos TV, e quando o fazem, conciliam isso com outras atividades, como por exemplo enviar mensagens nas redes sociais ou até mesmo trabalhar. E fazer isso vendo uma programação em 3D pode ser algo muito cansativo.

O último evento ao vivo exibido pela BBC em 3D foi o torneio de tênis de Wimbledon. O canal transmitiu os Jogos Olímpicos de Londres 2012 nesse formato, mas apenas metade dos lares com uma TV 3D assistiram os eventos esportivos por esses formato. O discurso natalino da Rainha Elizabeth II também foi transmitido em três dimensões, e teve uma cota de audiência de apenas 5% entre os usuários com uma TV 3D em casa.

Como já informei acima nesse post, o último evento a ser transmitido no formato 3D pela BBC será o episódio especial de 50 anos de Doctor Who, que vai ao ar no Reino Unido em novembro.

Resumindo: se a TV 3D não podia ser considerada como morta, é porque ninguém ainda havia dado o tiro de misericórdia. ESPN e BBC deram DOIS TIROS, o que prova que esse formato de consumo de TV definitivamente fracassou. Salvo uma grande surpresa (ou mudança radical do cenário atual), podemos dizer que estamos diante dos últimos momentos da TV 3D no mercado. E, honestamente, acho que vai para não fazer falta alguma.

Via BBC