sony-headquarters-logo

Em um comunicado oficial, o presidente dos EUA, Barack Obama, emitiu uma ordem de execução para que se realizem sanções mais restritivas à Coreia do Norte, por conta do envolvimento do governo no ataque hacker sofrido pela Sony Pictures em novembro de 2014.

Segue:

As ações de hoje são impulsionadas pela nossa obrigação de manter a Coreia do Norte como responsável de uma conduta destrutiva e desestabilizadora. […] Apesar do fato do FBI seguir com sua investigação sobre o ciberataque contra a Sony Pictures Entertainment, esses passos reforçam que vamos adotar um amplo conjunto de ferramentas para defender as empresas norte-americanas e os cidadãos, e para responder às tentativas de violar nossos valores ou ameaçar a segurança nacional dos Estados Unidos.

Obama disse que a resposta às ações contra a Sony Pictures serão proporcionais, e o comunicado parece ser apenas o primeiro passo do que está por vir. As sanções econômicas que se aplicarão à Coreia do Norte informadas na nota são ‘um primeiro aspecto’ das ações que serão tomadas contra o regime de Kim Jong-un.

O comunicado também aponta três organizações e dez oficiais da Coreia do Norte como principais responsáveis pelo ataque, mas reforçam que as investigações do FBI continuam.

E muita água vai rolar por debaixo dessa ponte.

Via Engadget