iphone-s5-silver-02a

Um dos smartphones de maior destaque em 2013. Tanto pelas novidades quanto pelo preço proibitivo no Brasil, o iPhone 5s foi o foco das atenções de muita gente ao longo do ano passado, uma vez que passamos praticamente todo o ano falando de rumores e especulações que envolviam o dispositivo de alguma forma. Agora… será que o iPhone 5s foi feito para você? Pode ser um dispositivo que bate de frente com os principais concorrentes do mercado? Ou é apenas um iPhone 5 melhorado, que só serve para ser um item de compra do “geek ostentação”? Vamos tentar descobrir isso juntos.

Sobre o Produto

O iPhone 5s é a mais recente versão do smartphone da Apple, sendo esta a sétima geração do produto (ao lado do iPhone 5c). É um dos smartphones mais vendidos do planeta, e está disponível hoje em mais de 120 mercados ao redor do planeta. Objeto de desejo de boa parte dos geeks que eu conheço, é o carro-chefe de produtos da Apple nesse momento.

Apesar da Apple não arriscar muito em modificações de design e proposta geral, essa repetição de estratégia se confirma como certa com o volume de vendas do produto. Um dos motivos para o iPhone ser um campeão de vendas está no fato de, a cada ano, a empresa repetir o conceito geral do produto, adicionando melhorias diversas de hardware (nos seus componentes internos), e oferecendo o mesmo preço do modelo anterior. Ah, e com Tim Cook usando a cada lançamento os termos “mágico e revolucionário”.

Principais Características

iphone-5s-branco

Na estética externa, o iPhone 5s praticamente não mudou em relação ao iPhone 5. As mudanças mais perceptíveis no seu visual estão no identificador biométrico e na opção de cor “gold” (que está mais para champanhe). Me arrisco a dizer que, de longe, a maioria das pessoas não saberão se o smartphone que você está segurando é o iPhone 5 ou o iPhone 5s.

As principais mudanças em relação ao iPhone 5 estão nos componentes internos. Talvez a mais destacada seja mesmo o novo processador A7 de 64 bits, que promete um desempenho mais poderoso para as diferentes atividades, uma vez que conta com maior capacidade de realizar múltiplas tarefas ao mesmo tempo. Além disso, o novo sensor Touch ID é uma das maiores inovações na história do iPhone, adicionando um interessante recurso de identificação pessoal ao dispositivo (e mais um elemento que a Apple tenta re-estimular como tendência nos smartphones).

iphone-5s-touchid

Sem falar que esse novo hardware vai trabalhar em conjunto com o igualmente novo iOS 7, a nova versão do sistema operacional móvel da Apple. Um conjunto como esse se converte na melhor experiência de uso que podemos encontrar entre os iDevices disponíveis no mercado.

Sua câmera traseira também recebeu atualizações. Temos um novo sensor de 8 megapixels, com cinco elementos e abertura f/2.2, que recebe o nome de iSight. A área do sensor é 15% maior, e por conta disso, os pixels serão maiores. O iOS 7 foi desenvolvido pensado nessa câmera (segundo Phil Schiller), que usa o software para medir os níveis de branco e cria um mapa de tons dinâmico. Com isso, o sistema operacional ajuda a escolher a imagem mais clara em uma série de fotos.

O flash agora inclui uma função TrueTone, para melhorar as cores, e a câmera inclui ainda recursos de estabilização de imagens, de câmera lenta (com captação a 120 fps), captação de vídeos em HD (720p) a 120 fps, e o usuário pode escolher quais são as cenas que devem ser exibidas em câmera lenta, e quais serão apresentadas na velocidade normal.

iphone-5s-camera

Fora tudo isso, o iPhone 5s conta com pequenas melhorias gerais, que os usuários da Apple já estão acostumados a encontrar em novas versões do produto, como por exemplo uma melhor relação de autonomia de bateria (por conta do novo hardware e do aumento de performance).

Prós

– Hardware ajustado para um desempenho impecável: a combinação do novo processador, com a sua tela com alta taxa de pixels, do novo iOS 7, do sensor Touch ID e outras características resulta em uma das melhores experiências disponíveis no segmento de smartphones no mercado.
– Touch ID: a Apple mais uma vez dita a moda, com um sensor biométrico no novo iPhone. Tudo bem, ainda estamos descobrindo o que ele pode fazer pelos usuários, mas já virou tendência a ponto dos concorrentes já começarem a adicionar soluções semelhantes em alguns modelos.
– Um produto “longa vida”: com o iPhone 5s, o usuário médio não precisa se preocupar na compra/troca do seu dispositivo por um bom tempo. Para a maioria, o iPhone 5s é um smartphone que pode permanecer como telefone principal por, pelo menos, três anos. Se você é um geek compulsivo, consumista e viciado em ter o que há de mais recente no mercado de tecnologia, comece a economizar dinheiro desde já para um hipotético iPhone 6, que deve chegar em 2014.

Contras

– É um smartphone caro: para a maioria das pessoas, um smartphone ainda é algo proibitivo. Um iPhone então, mais proibitivo ainda. Ele é consideravelmente mais caro que a maioria dos seus concorrentes diretos. Sem falar em modelos que (tecnicamente) oferecem bem mais nas suas especificações, mas custando R$ 1 mil a menos ou mais, dependendo do modelo escolhido (P.S.: eu sei que você pode comprar um iPhone importado, o que diminuiria os danos. Mesmo assim…)
– A diferença de preço não justifica a troca (se você tiver um iPhone 5): ter um processador de 64 bits e um sensor biométrico não podem ser as suas melhores desculpas para investir uma grande quantia de dinheiro na compra do iPhone 5s. A não ser que você venda o seu atual iPhone 5 por um preço muito bom, e coloque do bolso a diferença de preço.
– Nada mudou no seu design: tem gente que gosta de se mostrar. Então, do que vale você tirar do bolso um iPhone 5s, e seu amigo (ou amiga) observar “nossa, que bonito o seu iPhone 5…”.

Relação Custo/Benefício

iphone-5s-ios-7

Esse fator pode variar de pessoa para pessoa. Se você gosta mesmo de tecnologia, ou tem ciência do quanto vai custar a brincadeira, ou não se importa em nada com os fatores contrários citados acima, o iPhone 5s é um excelente investimento. É um dos melhores smartphones de 2013, oferecendo as mesmas características que consagraram o iPhone como um dispositivo referência, e com a nova proposta visual do iOS 7, que dá uma renovada na interface de usuário do dispositivo.

Porém, a grande maioria das pessoas, que usam o smartphone para as tarefas mais triviais (redes sociais, e-mails, mensagens SMS, jogos, etc) não necessariamente necessita de um iPhone para realizar tais tarefas. Porém, estamos falando do iPhone, certo? Logo, um produto que pode mesmo ser muito útil para profissionais, estudantes e outros que se interessem pelos seus recursos (sabendo como melhor trabalhar com eles) acaba se tornando um produto de status, para atender o ego (na maioria dos casos).

E isso justifica um iPhone no Brasil custar até R$ 3.600. Ou não.

Nota Final: 7.8/10

Desempenho: 9
Design: 7
Funcionalidades: 9
Preço:  6
Relação Custo/Benefício: 8

19361979