A rápida evolução da tecnologia OLED e a inédita flexibilidade que oferecem em forma de elementos luminosos vai proporcionar a aparição de dispositivos absolutamente impensáveis no passado. Se a Samsung já mostrou sua própria janela interativa, e a Philips se anima com a ideia das lâmpadas com capacidade de reação, agora é a Audi que mostra o seu interesse nas possibilidades mais práticas dos diodos orgânicos.

A montadora automotiva alemã ofereceu uma amostra de seus avanços tecnológicos com a tecnologia OLED. Segundo Stephan Berlitz, chefe da divisão de iluminação da empresa, as telas OLED ainda não podem ser utilizadas para substituir as luzes de freio convencionais, pois as mudanças de temperatura e os problemas de corrente elétrica ainda impedem, mas será possível substituir os elementos óticos menores, e mais adiante, realizar interessantes composições como os exibidos pelo modelo que vemos no vídeo abaixo.

Via Eurocar News