Windows-10-teaser-2016

A Microsoft confirmou oficialmente que a atualização do Windows 10 continuará a ser de graça, mesmo depois da data de vencimento da promoção anual anunciada pela empresa. Porém, a oferta é válida para um determinado grupo de usuários.

Como bem sabemos, na época do lançamento do Windows 10, a Microsoft iniciou uma promoção que oferecia uma licença permanente do novo sistema operacional se a atualização fosse feita a partir de uma cópia original do Windows 7 ou Windows 8.1 antes do dia 30 de julho de 2016. Uma vez vencido esse prazo, o custo da licença será de US$ 119 (para a versão Windows 10 Home).

Pois bem, a Microsoft emitiu um comunicado onde eles deixam claro que seguem melhorando o sistema operacional para torná-lo mais amigável e capaz para o seu uso diário por pessoas que utilizam algum tipo de software em modo de assistente, ou seja, que contam com deficiências físicas de qualquer espécie e necessitam recorrer à ferramentas que ajudam no pleno uso do equipamento informático.

Um dos exemplos mais claros seriam as pessoas com deficiência visuais totais ou parciais, que normalmente recorrem a ferramentas de voz, ou pessoas que contam com carências graves de visão, e necessitam de ajustes especiais. Como parte do compromisso da Microsoft com o Windows 10 e os usuários com deficiência, estes podem seguir atualizando os seus equipamentos de graça, até mesmo depois que prazo anual vencer.

Isso quer dizer que, para esse grupo especial de usuários, o update segue de graça de forma indeterminada, e esta é uma excelente notícia, já que esta é uma ajuda mais que óbvia para grupos onde existem profissionais muito capacitados, que só precisam pequenas ajudas que permitem desenvolver todo o seu potencial de forma plena.

Via Neowin