Windows10_atualizacao

A Microsoft colocou a atualização do Windows 10 como “recomendada” no Windows Update. A media se alinha com a estratégia de incentivar as atualizações de equipamentos com Windows 7 e Windows 8.1.

Os equipamentos onde está marcada a opção de atualizações recomendadas e automatizadas com sua instalação terão o processo de atualização para o Windows 10 iniciando automaticamente. Porém, a Microsoft implementou um controle adicional para que os equipamentos não sejam atualizados da noite para o dia, ou seja, o update só começa seu o usuário assim desejar claramente a mudança do sistema operacional.

A Microsoft também permite o downgrade para a versão anterior do Windows a partir do Windows 10 em até 31 dias após a atualização. De qualquer forma, se você não quer surpresas, pode configurar o Windows Update para ter o controle completo das atualizações. Caso contrário, basta ativar as atualizações automáticas, ou marcar o “upgrade para o Windows 10”, como uma forma simples de atualizar.

Já a ferramenta “Obtenha o Windows 10” continua, independente da mudança promovida no Windows Update.

A Microsoft também anunciou um programa nos Estados Unidos que vai facilitar a atualização para o Windows 10 de equipamentos com cópias “não genuínas”. Esses equipamentos poderão ser legalizados por apenas um clique, através da loja online do Windows ou introduzindo um código de ativação adquirido por outros meios.

Via MicrosoftZDNet