galaxy-s6-topo

Uma atualização para os modelos Galaxy S6 e Galaxy S6 Edge da Samsung adiciona aplicativos do Microsoft Office sem o consentimento ou conhecimento do usuário. Pelo visto, ter aplicativos pré-instalados que não queremos ou pedimos no PC ou smartphone não é o suficiente para alguns fabricantes, e agora esses apps são empurrados nas atualizações do sistema.

Foi isso o que aconteceu nesse caso. Segundo o site myce, uma atualização de 200 MB (LMY47X.G925FXXU2COH2) instala automaticamente os aplicativos da suite Office (PowerPoint, OneNote, Word e Excel). Os usuários se queixam que, na nota de atualização, não há informações sobre a instalação desses aplicativos, que consomem largura de banda, recursos de sistema e espaço de armazenamento.

A Samsung recentemente lançou vários parches de segurança e melhorias no Android para esses modelos, mas instalar o Office não tem nada a ver com isso. A medida é reflexo da nova parceria entre Samsung e Microsoft, que prevê a inclusão dos apps de Redmond em pré-instalação de tablets e smartphones dos sul-coreanos, visado alcançar o mercado corporativo. O pacote também inclui a solução de segurança KNOX e um serviço de configuração e suporte para uso corporativo.

Samsung e outras empresas já sofrem processos em alguns países por conta da instalação de aplicativos indesejados. O Microsoft Office não é um ‘crapware’, mas a prática é lamentável. Os fabricantes não respeitam o cliente ao impedir que eles assuma o controle dos dispositivos pagos por eles, dizendo o que eles devem ou não instalar.

A falta de transparência é outro aspecto a melhorar. O Bloatware segue sendo um grande problema, apesar da mesma Samsung prometer soluções. Ou a indústria o freia, ou os usuários devem pedir que os órgãos responsáveis as obriguem a fazer.