htc-one-10-vazamentos

O próximo smartphone da HTC já gera uma batalha de rumores e vazamentos. Duas populares contas no Twitter estão travando um “diálogo” entre duas verdadeiras celebridades nesse segmento, o @evleaks e o @onleaks, que apresentaram tantas fotos e informações que podemos ter uma análise muito ampla do futuro dispositivo, que pode se chamar HTC 10, e não HTC One M10.

O HTC One marcou um ponto de inflexão para os taiwaneses, com um dispositivo top de linha que esboçou uma agressiva concorrência para os gigantes do setor. Na série M, tivemos os modelos M7, M8 (2014) e M9 (2015). No ano passado, a HTC alojou modelos de linha média na série Desire, além de outros tops de linha, como o ONe X9 e o One A9, com novas propostas de design. Talvez por isso que o @evleaks informe que a série M pode acabar, recebendo uma nova nomenclatura, visando uma reformulação.

Além da eliminação da faixa negra frontal, a HTC consideraria seriamente deixar de ser conservadores para apostar em uma mudança radical no conceito do próximo smartphone, buscando melhorar os seus resultados nas vendas, depois de um HTC One M9 relativamente criticado.

Além do nome, as duas contas confirmaram hoje uma série de informações no Twitter. Por um lado, o @onleaks apresentou supostas imagens do HTC 10, com algumas especificações técnicas.

htc-10-onleaks

Rapidamente o @evleaks respondeu, com alguns renders relativos ao novo top de linha da HTC. Nesse segundo caso, vemos melhor a mudança no deisgn (com algumas fotos borradas), o qual principalmente se produz as bordas, com dobras consideráveis, e mantendo as faixas horizontais na parte traseira.

htc-10-evleaks

Pelas informações, podemos ter uma ideia do que o HTC 10 será. O modelo pode ser anunciado em maio, e não em abril como comentado antes (talvez para eles se centrarem no lançamento do HTC Vive em abril).

Estas são as características especuladas para o novo smartphone top de linha da HTC:

– Tela de 5.15 polegadas AMOLED (QHD)
– Processador Snapdragon 820
– 4 GB de RAM
– Câmera traseira de 12 MP (com o mesmo sensor de Nexus 6P)
– USB Type-C
– Leitor de digitais.

Veremos se tudo isso se confirma em alguns meses, e principalmente, se dessa vez o novo top de linha da HTC se sai melhor, e se a empresa vai se recuperar um pouco no mercado. Eles tentam manter viva a sua divisão móvel (ao lado da realidade virtual), e será interessante ver como eles se comportam ao longo de 2016.

Via 9to5Google