Surface Mini

 

Foram publicadas as primeiras imagens do Surface Mini, tablet de pequeno formato que a Microsoft cancelou um pouco antes de ser anunciado.

Na época, não entendíamos o porquê dessa decisão. Porém, as imagens publicadas podem explicar os motivos, especialmente quando associamos as configurações técnicas e associando com o momento em que ele seria lançado.

O primeiro fator aqui é o plano temporal. O Surface Mini ia chegar ao mercado em 2014, junto com o Surface Pro 3, em um momento em que os tablets de pequeno tamanho davam sinais de quedas nas vendas.

 

 

Agora, vendo suas especificações e design, tudo era muito simples, se distanciando da qualidade da linha Surface. Nada de carcaça de magnésio, e o dispositivo lembra mais um tablet chinês do que um produto Microsoft.

 

 

Some tudo isso com as suas especificações técnicas (um processador Snapdragon 800 com 1 GB de RAM), concluímos que seu desempenho seria muito fraco, sem falar que receberia o Windows RT 8.1, versão condenada ao fracasso.

Resumindo: a Microsoft não apenas cancelou o Surface Mini por conta de uma queda nas vendas dos tablets com tela pequena, mas simplesmente por que não era um produto realmente competitivo. Poderia inclusive afetar negativamente a imagem da marca Surface.

 

 

E temos aqui o típico exemplo onde se retirar no tempo certo é uma vitória.

 

Via Windows Central