toshiba-ssd-128-tb

A Toshiba anunciou na Flash Memory Summit os seus avanços no desenvolvimento de novas memórias SSD, informando que vão oferecer no mercado unidades SSD de 128 TB (terabytes, e não gigabytes) dentro de três anos.

Uma das bases dessa conquista será o uso da tecnologia Quadruple Level Cell, que vai permitir o uso de quatro bits por célula, enquanto hoje é feito o uso das tecnologias TLC (Triple Level Cell), ou 3-bit MLC (3-bits Multi-level Cell). Com essa opção, é possível aumentar a densidade de dados, e somadas com as tecnologias de fabricação que permitirão também melhorar essa integração de mais e mais chips para o armazenamento de dados.

toshiba-ssd-128-tb-02

O anúncio da tecnologia QLC foi uma surpresa para os presentes no evento, já que até agora os obstáculos técnicos para alcançar esse tipo de célula foram difíceis de serem superados. Mesmo assim, alguns duvidam do futuro de uma tecnologia que tem algumas desvantagens: essas células se desgastam com maior rapidez, e pode ser que o desempenho de leitura e gravação não podem competir com suas alternativas.

Mesmo assim, é possível que essas unidades se transformem em uma alternativa muito mais atraente que os atuais discos rígidos de grande capacidade, superando todas as suas especificações, e ideias para o armazenamento de grandes volumes de dados. Se precisamos de velocidade, também teremos SSDs cada vez mais velozes, o que torna o futuro dessas unidades algo brilhante.

Via DigitalTrends