xsony-playstation-4-29.jpg.pagespeed.ic.b8qk94WJhd

Algumas informações sobre o Sony PlayStation 4 não foram publicadas no evento de ontem (10/06) na E3 2013, e entendo que é importante que vocês saibam de algumas coisas sobre o produto, até mesmo para que você realize a melhor compra possível. Não que você vá mudar de ideia depois desse post, mas eu sempre acredito que é bom você ter toda a carga de informação possível sobre qualquer tipo de gadget.

 

500 GB de HD, mas sem o sensor Eye no kit de venda

O PS4 chega ao mercado com 500 GB de armazenamento de dados, mas em compensação, não vai incluir com o módulo de câmera (Eye). Nos Estados Unidos, esse acessório vai custar US$ 59 (44.6 euros na Europa). A rede varejista da Besy Buy já anuncia o Eye como um complemento, que deve ser adquirido separadamente, e a Sony confirmou a informação. O kit de venda do produto inclui o console, controle sem fio, fones de ouvido, cabo USB, cabo HDMI e cabo de alimentação na rede elétrica.

A tabela de especificações também confirma as dimensões do produto (275 x 53 x 305 mm), as portas (HDMI e saída óptica, 2 portas USB 3.0 e uma entrada auxiliar para a câmera), e o controle pesa apenas 210 gramas e inclui uma bateria de 1.000 mAh. Um detalhe que passou desapercebido para muitos: um alto-falante mono. Sua câmera permite uma captura máxima de 60 fps de 1280 x 800 (x2), 640 x 480 a 120 fps, ou 320 x 192, a 240 fps.

 

Sem bloqueio por regiões

A Sony também anunciou que o PS4 não vai contar com bloqueios por regiões. Aliás, quem informou foi Brad Douglas, membro da Sony Computer Entertainment, em sua conta no Twitter, durante o anúncio de ontem nos Estados Unidos. Essa informação faz a alegria daqueles que viajam com frequência, e querem comprar jogos em outros países.

 

Cloud Service 2014

Apesar da ausência de detalhes, a Sony revelou no evento de ontem na E3 que eles lançarão um serviço de jogos do PS3 via streaming para PS3, PS4 e Vita em 2014. O serviço será “rápido e efetivo”, algo que particularmente espeto que isso aconteça. Fato é que já sabemos que o serviço não vai chegar com o lançamento do PS4.

Outro detalhe: a Sony deixou bem claro que o serviço estará “disponível durante o ano de 2014 nos Estados Unidos”, de modo que é bom começar a rezar desde já para que o serviço seja lançado ao redor do mundo na mesma janela norte-americana.

O mais interessante desse serviço é o fato dos jogos do PS3 ficarem disponíveis para a família de consoles da Sony, permitindo assim que o catálogo da geração anterior funcione no novo PS4, resolvendo assim o problema de retrocompatibilidade, por causa da mudança de arquitetura do console.

Via Engadget, Twitter de Brad Douglas, Engadget