redes socias

 

Qualquer smartphone atual conta com o modo avião. Agora, há quem entende que é necessário oferecer o mesmo recurso para as redes sociais, para proteger os usuários contra possíveis invasões de privacidade durante viagens para outros países.

São cada vez mais crescentes os relatos de pessoas que acabam cedendo o acesso aos seus smartphones e redes sociais quando entram em outro país, e isso pode transformar as férias do usuário em um autêntico pesadelo. Por outro lado, é quase inevitável deixar esses dados expostos quando estamos fora do nosso país de origem.

Logo, há quem diga que um modo viagem nas redes sociais pode resolver. Uma forma de limitar o acesso ao básico, protegendo o usuário de uma espionagem mais invasiva.

Por outro lado, o simples fato de inserir os dados de Facebook ou Gmail em um computador desconhecido já é deixar esses dados em risco, pois nada garante que esses dados não serão salvos na máquina, ou se o equipamento está com malware.

Sem falar nas potenciais implicações indiretas, como obter o acesso por tabela ao Google Drive, Dropbox e outros serviços.

Pode parecer ridículo ter um smartphone com dupla personalidade, mas não tão absurdo quando se pensa na privacidade e segurança dos dados.

Só resta torcer para não chegarmos a esse ponto um dia.