O CEO da Apple, Tim Cook, lembrou nessa semana durante uma coletiva de imprensa, que mais de 120 milhões de pessoas ao redor do planeta visitaram as lojas da empresa em 2012. Um número que podemos considerar, no mínimo, algo impressionante, se colocarmos na mesma perspectiva de outros locais mundialmente populares.

Cook comentou que a chegada do público nas lojas da Apple sempre foi um dos principais motivos para a empresa não precisar participar de grandes eventos, como a CES. De fato, a gigante de Cupertino só participava nos últimos anos de um único evento “coletivo”, e ainda assim, era a Macworld Expo.

Entre as perspectivas mais curiosas, vale a pena destacar que as lojas da Apple quase conseguiram receber uma quantidade maior de visitantes que todos os parques temáticos da Disney receberam ao redor do planeta. É claro que essa não é uma comparação direta, uma vez que os parques da Disney, ainda que em menor número que as aproximadamente 394 lojas da Apple, são muito maiores.

Para que você tenha uma outra (pequena) ideia do imenso número de pessoas que visitaram as lojas da Apple, esses números podem ser comparados com a quantidade de telespectadores que acompanharam os grandes eventos esportivos e musicais mais importantes dos Estados Unidos. Um grande jogo da MLB (Major League Baseball) é visto por 74.9 milhões de pessoas. A cerimônia de entrega do Grammy Awards foi acompanhada por 39.9 milhões de espectadores, e a última edição do Super Bowl teve uma audiência de 111.3 milhões de norte-americanos.

Para aqueles que se perguntam qual é a proporção desse número de visitantes com o número de pessoas que vivem na Terra, se levarmos em conta que somos mais de 7 bilhões de pessoas no planeta, podemos afirmar que 1.69% das pessoas no mundo visitaram uma loja da Apple em 2012. Ok, esse número pode variar bastante, já que uma pessoa pode ter visitado uma vez, e uma família de quatro pessoas pode ter visitado quatro vezes no ano passado.

Mas nem todas as comparações das lojas da Apple são positivas. Tim Cook não mencionou que, se compararmos com as visitas recebidas pelas lojas da Best Buy e Walmart, as lojas da Apple estão muito atrás. A Best Buy tem 1.100 lojas ao redor do planeta, incluindo as lojas no modelo “express” (vendas rápidas) e afiliadas, e essas lojas receberam mais de 600 milhões de visitas durante o ano de 2012. Ou seja, cinco vezes mais que a Apple.

A Walmart, que e a maior varejista do mundo, tem mais de 6 mil lojas espalhadas pelo planeta, e receberam mais de 200 milhões de visitas todas as semanas. O que resulta em 10.4 bilhões de visitantes em 2012. Sim, amigos: muito mais que a população total do planeta. E olha que eu mesmo não entrei em nenhuma loja da Walmart em 2012.

Mas mesmo que esses números pareçam desalentadores para a Apple, é sempre bom lembrar que a sua frota de pontos de venda em estabelecimentos menores e parceiros gera mais lucros por metro quadrado do que qualquer outra rede varejista do mundo.

Via The Atlantic