Arduboy

O Arduboy é mais um projeto que passou pelo Kickstarter com muito sucesso. Agora, ele começa a chegar aos primeiros compradores em sua versão final.

A filosofia por trás do Arduboy é a de criar um gadget diminuto para jogar os games, mas também um dispositivo para criar e compartilhar jogos. O produto se assemelha ao Game Boy, inclusive nos circuitos que integram sua pequena tela de 1.3 polegadas.

Sua construção combina metal e policarbonato, o que dá a aparência de ser bem resistente. Seu tamanho corresponde com o de um cartão de crédito (85,60 x 53,98 mm), e dá margem para uma boa quantidade de personalização.

Arduboy-02

A intenção aqui não é criar um console potente, mas sim emular jogos do passado de forma simples e financeiramente acessível (US$ 39), que chama a atenção pelo seu design. Tenha sempre em mente que estamos diante de um gadget baseado no Arduino, que é completamente programável.

Vale destacar que temos aqui uma tela OLED, espaço para os botões de jogo, alto-falantes e bateria de 180 mAh, que oferecem excelentes 8 horas de jogo. Complementa o hardware 2.5 KB de RAM e 32 KB de armazenamento.

Arduboy-03

Além do Arduboy, existe uma variante chamada Tetris MicroCard, baseado no mesmo sistema de hardware, mas com configuração diferente na coloração de tela e botões. É mais caro (US$ 49) e já vem com o game Tetris carregado, e imaginamos que o produto pode rodar os jogos de nossa preferência, desde que seja programado para isso.

Tetris MicroCard

Mas estes consoles não estão sozinhos nesse universo de micro videogames. Temos ideias parecidas baseadas nas placas Arduino, que apostam na nostalgia dos gamers. Os projetos mais chamativos são o PocketChip e o PIGRRL Zero.

mini-consoles

A seguir, vídeos dos primeiros compradores do Arduboy testando o produto.

 

Via Arduboy