650_1000_ipad-gav-stace

Apesar dos conteúdos televisivos sob demanda estarem disponíveis na própria TV através de aplicativos e serviços em Smart TVs, os dados fornecidos pela BBC sobre o uso do seu aplicativo iPlayer confirmam que os tablets e smartphones são as plataformas preferidas dos usuários para os conteúdos que não são transmitidos ao vivo.

No mês de março, 46% dos conteúdos oferecidos por streaming no iPlayer foram reproduzidos em tablets e smartphones, enquanto que o computador teve a sua porcentagem reduzida, e o televisor é praticamente um produto para quem quer assistir eventos ao vivo. Se somarmos os consoles de videogames e os set-top boxes, é possível alcançar quase um quarto do total, mas sozinhos, essas duas plataformas ficam limitadas aos 3%.

Outro dado interessante: ainda que tais números mostrem exclusivamente o comportamento da audiência do Reino Unido, o estudo mostra que o horário nobre da programação também registra um aumento do consumo de vídeos on demand, inclusive com picos de audiência de maior duração do que nas transmissões dos eventos ao vivo.

E você? Já está usando mais os vídeos por demanda do que a programação da sua TV?

Via QuarzBBC