Apple Watch Series 3

O Apple Watch Series 3 começou a ser testado pela imprensa internacional, e as primeiras análises sobre o produto não são nada positivas.

O LTE, principal diferencial do produto, apresenta sérios problemas e, na maioria dos casos, não funciona como esperado. Essa conectividade tem como objetivo entregar uma maior independência ao dispositivo, já que o usuário pode realizar chamadas e receber mensagens sem precisar ter o iPhone por perto.

As primeiras análises revelam problemas ao conectar o relógio nas redes LTE, fruto de um problema com as redes WiFi onde se consegue conectar e acaba ficando sem acesso à internet.

 

 

Aqui, o Apple Watch Series 3 desliga o LTE e não consegue voltar sozinho para essa conexão quando percebe que não há internet na rede WiFi. Nesse instante, o smattwatch fica sem receber chamadas e mensagens.

Também há queixas que a Siri deixa de funcionar, e não consegue responder aos usuários.

A Apple já reconheceu o problema, e promete para breve uma atualização de software que vai corrigir as falhas detectadas. Não foi informado quando essa atualização será lançada.

 

 

Além do problema com as redes LTE, ainda há um problema relacionado com as baterias.

A maioria dos jornalistas afirma claramente que o Apple Watch Series 3 tem configurações inferiores ao anunciado pela Apple. Em alguns casos, a bateria durou apenas algumas horas em um uso normal.

A autonomia de bateria ainda estaria bem longe dos tempos esperados e anunciados, e os problemas detectados podem representar um início de vendas atribulado para o produto.

O preço base do Apple Watch Series 3 com LTE é de US$ 399.