Apple Watch

A Apple normalmente aumenta ligeiramente o preço de lançamento dos seus novos produtos, e pode repetir isso com o Apple Watch 2.

O modelo atual tem um sucesso considerável dentro do segmento de smartwatches, ao menos comparado com os resultados dos seus principais riais com Android Wear, e aos poucos a Apple adiciona melhorias para tornar o Apple Watch mais atraente.

Um bom suporte pode ajudar a melhorar ainda mais a sua posição, fato que pode reforçar a ideia que o Apple Watch 2 será um autêntico sucessor, podendo chegar ao mercado ainda em 2016 e co-existindo com o modelo atual. Na teoria.

 

Uma tela com micro-LED: melhor, porém, mais cara

Não sabemos se o relógio chegará esse ano ou em 2017, mas alguns rumores indicam uma aposta nas telas micro-LED. Uma mudança muito importante, que resultaria em melhorias notáveis, mas que afetaria o seu preço. São telas mais finas e leves que as telas AMOLED, oferecendo brilho, cor e resolução superiores e sem a necessidade de retroiluminação, o que ajuda a minimizar o consumo de bateria.

Ou seja, uma melhor qualidade de tela e maior autonomia. Dois fatores que afetam os dois elementos mais importantes de um smartwatch. Porém, as telas micro-LED são mais difíceis e caras de produzir.

Ainda é cedo para antecipar qualquer coisa, mas se esse rumor se cumprir, o Apple Watch 2 pode alcançar um preço inicial sugerido entre US$ 450 e US$ 500.

Via WCCFTech