iphone-6-teaser

A batalha judicial entre Apple e Samsung parece não ter fim. No novo capítulo dessa história, a Apple saiu mais uma vez vitoriosa, com uma sentença definitiva da juíza Lucy Koh, que deu ganho de causa para a gigante de Cupertino sobre as patentes relativas ao “deslizar para desbloquear”, a “autocorreção” e os “detectores de dados”.

Koh determinou que a Apple sofreria danos irreparáveis se a Samsung seguisse incluindo tais características descritas nessas patentes. Desse modo, os coreanos estão proibidos em desenvolver, vender, importar, atualizar ou anunciar qualquer software que implique essa infração.

Os modelos implicados no processo são:  Galaxy Nexus, Galaxy Note, Galaxy Note II, Galaxy S II, Galaxy S II Epic 4G Touch, Galaxy S II Skyrocket, Galaxy S III e os dispositivos Stratosphere. Todos eles incluem entre suas características funções incluídas nas patentes 721 (slide to unlock), 647 (detectores de dados) e 172 (previsibilidade de texto).

Tudo indica que o futuro a médio prazo pode reabrir a disputa por essas patentes. Florian Mueller, da FOSS Patents, informa que ainda que essa vitória seja favorável para a Apple, a patente 647 expira no próximo dia 1 de fevereiro, e as patentes 172 e 721 estão próximas de serem consideradas inválidas.

Logo, a sentença põe fim a uma batalha de 8 meses, e só será aplicada daqui a 30 dias (a Apple queria uma aplicação imediata). Mas deve ter uma continuação em breve, por conta dos detalhes descritos no parágrafo anterior.

Via Apple Insider