650_1000_applemoney

A Apple revelou os seus resultados financeiros correspondentes ao quarto trimestre de 2014 (encerrado em 27 de dezembro). O destaque nos números é o recorde trimestral de vendas para o iPhone, com 74.6 milhões de unidades vendidas em todo o planeta, sem especificar números dos modelos.

A Apple já havia adiantado em oportunidades anteriores que a sua última geração de smartphones estava sendo a mais bem sucedida da história em vendas. Se compararmos com as vendas do mesmo período em 2013, que alcançaram 51 milhões de unidades, o crescimento é evidente.

Em todo o planeta, o último trimestre de 2014 deu para a Apple um volume de ingressos de quase US$ 75 bilhões, um aumento de 30% em relação ao mesmo trimestre do ano passado. Em 2014 e nos anos anteriores, os ingressos tiveram valores crescentes, mas com saltos mais moderados.

O que quase seguia intacto desde 2012 eram os lucros, estacionados na faixa de US$ 13 bilhões. Pois bem, nesse primeiro trimestre do ano fiscal de 2015 (o último trimestre de 2014, com o período de vendas de Black Friday e Natal – é sempre bom lembrar), os lucros da gigante de Cupertino alcançaram os US$ 18 bilhões.

A China aparece como o segundo mercado mais importante para a Apple, superando toda a Europa. Ali, os analistas indicam que o iPhone foi o dispositivo mais vendido pela primeira vez em sua história.

Outros dados importantes estão relacionados aos tablets. Se no trimestre anterior a Apple vendeu um pouco mais de 12 milhões de iPads (sem lançar novos modelos), no trimestre que chegou ao fim em dezembro, foram vendidos quase 21.5 milhões de unidades dos tables. É uma queda considerável em relação ao mesmo trimestre de 2013, onde eles venderam 26 milhões de iPads no planeta.

No segmento de computadores, a Apple praticamente repete os números do trimestre anterior, com 5.5 milhões de unidades, subindo levemente em relação ao mesmo trimestre de 2013, quando venderam 4.8 milhões de computadores Mac.

Somando todos os dispositivos iOS, a Apple consegui vender mais de 100 milhões de unidades de seus produtos com esse sistema em um único trimestre. É um feito histórico. Aliás, até o presente momento, a Apple já vendeu mais de 1 bilhão de smartphones com o iOS. E sim… as vendas do iPod foram tão pequenas, que a empresa de Cupertino decidiu colocar o produto na categoria ‘outros’.

Via BusinessWire