O Escritório de Patentes dos Estados Unidos publicou uma patente da Apple que mostra detalhes de uma tecnologia feita com painéis solares, que poderá ser utilizada em telas pequenas, tais como as usadas em um iPhone ou iPad. Esse seria o primeiro passo para um futuro iPhone “solar”, ou que teria uma autonomia de bateria de duração muito mais longa que a atual.

Nesse caso em particular, falamos de uma placa ou sistema de captação de energia solar no lugar de um componente químico para captar a energia para a tela. Eles chamam o conceito de “sensor tátil e solar integrado”, e é composto de eletrodos que faz as duas funções, tanto para fazer o sensor tátil funcionar como para captar a luz solar.

Durante anos estamos esperando uma revolução na tecnologia das baterias dos nossos dispositivos móveis, com algum componente que oferece um pouco mais de energia no smartphone, mas sem mudanças no seu tamanho. Enquanto seguimos esperando, a Apple decide ir por outro caminho. Já que não é possível evitar que a bateria se descarregue, ao menos que ela possa ser recarregada aos poucos, com uma solução que dispense o uso da rede elétrica.

E, para isso, nada melhor que usar uma energia limpa e disponível para quase todo mundo (nos polos, durante o inverno, não podemos dizer que tem sol por lá).

Via CNET