apple iphone 7

 

A Apple reduziu a produção dos novos iPhone 7 e iPhone 7 Plus em 10%.

O receio que a magia da empresa não mais justifica o preço elevado dos seus produtos está mais do que evidente. O iPhone 7 manteve o design do modelo do ano anterior, e adicionou poucas novidades. Isso fez com que muitos usuários optassem por esperar por mais um ano para trocar de smartphone.

O iPhone 7 bateu novos recordes de vendas, e o iPhone 7 Plus se tornou o modelo favorito com a câmera dupla. Porém, as boas notícias podem ter chegado ao fim antes do esperado, com a redução de vendas de iPhones mais acentuada que nos anos anteriores.

Absorvendo cerca de 90% dos lucros do setor, a posição da Apple está longe de ser preocupante. Mas esses indícios farão os alarmes disparar na empresa, que precisa encontrar novas formas de convencer os usuários a comprar os novos iPhones, quem sabe reduzindo um pouco os preços.

Em janeiro de 2017, a Apple vai revelar os resultados financeiros do último trimestre de 2016, e aí então vamos descobrir a extensão dessa queda de vendas.

 

Via Apple Insider