apple

A Apple apresentou os seus resultados financeiros do quarto trimestre de 2013 (ou do primeiro trimestre fiscal de 2014), que se encerrou em 28 de dezembro de 2013. E, mais uma vez, eles foram uma das empresas que melhor aproveitaram o período de vendas de Natal.

Foram vendidos nada menos que 52 milhões de iPhones (novo recorde trimestral; no mesmo período de 2013, foram 47.8 milhões), 26 milhões de iPads (outro recorde trimestral; no mesmo período de 2013, foram 22,9 milhões, e 4.8 milhões de Macs. No caso dos computadores, não são um novo recorde para a Apple, mas é um aumento em relação ao último trimestre de 2013 (4.1 milhões).

A Apple não revelou os números de unidades vendidas dos iPhones 5s e 5c, nem mesmo das unidades das versões do iPad. Também não foram reveladas as unidades de vendas dos iPods, mas tudo indica que as vendas dos players musicais da Apple devem seguir a sua sequência de quedas no volume das vendas.

No período, a Apple obteve um volume de ingressos recorde de US$ 57.6 bilhões. Os lucros líquidos ficaram na casa dos US$ 13.1 bilhões, o que não representa um crescimento muito grande em relação ao último trimestre de 2012. Mesmo assim, são lucros expressivos (qual empresa lucra tanto assim hoje?).

A Apple estima que durante o segundo trimestre do ano fiscal de 2014 (primeiro trimestre de 2014), a empresa vai receber ingressos entre US$ 42 bilhões e US$ 44 bilhões, com uma margem bruta entre 37% e 38%, ficando muito próximos dos 37.9% do último trimestre.

Via Apple