Os mapas da Apple foram um grande fracasso, e isso é fato. Mas isso não quer dizer que a empresa não está trabalhando para melhorar o produto. Para isso, eles estudam uma parceria com o Foursquare, para integrar a informação dos serviços de geo check-in ao seu serviço de mapas.

O Google lançou recentemente o seu aplicativo de mapas para iOS, sendo esta uma alternativa mais limpa e bem mais completa. De fato, as primeiras impressões dos usuários foram muito favoráveis, e o aplicativo superou a marca de 10 milhões de downloads nas primeiras 48 horas de disponibilidade. Com isso, o Google superou com sobras os mapas do iOS, e até impulsionou o volume de atualizações do sistema operacional em 30%. De qualquer forma, a Apple não quer se dar por vencida, e quer oferecer uma melhor experiência com essa parceria com o Foursquare.

Segundo o The Wall Street Journal, a Apple mantém conversas próximas com o Foursquare nas últimas semanas. Sua estratégia consistiria em produzir as suas próprias listas para buscas de locais próximos, e integrá-las ao seu aplicativo de mapas e ao Siri. Desta forma, a informação entregue ao usuário seria muito mais direta, dispensando assim a necessidade de uso dos serviços do Google.

As críticas ao Mapas do iOS foram tão duras que Tim Cook teve que pedir desculpas públicas e até incentivar os usuários a usar outros serviços, como o Google Maps, o Waze e o Here Maps da Nokia. Além disso, Cook demitiu no mês passado Richard Williamson, o responsável direto pelo desenvolvimentos do Mapas.

Depois de tudo isso, esperamos que a Apple entregue uma experiência melhor aos seus usuários. Os planos parecem bons, pois integrar informações de outros serviços pode resultar em um produto com algum destaque. Vamos ver se no futuro isso dará certo na prática.