O veredito ainda não é definitivo, mas uma importante solicitação de patentes da Apple pode ser negada nos Estados Unidos. O escritório de registro de patentes do país, o USPTO, publicou um comunicado que põe por terra 20 pontos da patente 7.479.949 da Apple, onde é descrita uma “tela de dispositivo sensível ao toque, método e interface de usuário gráfica para determinar comandos aplicando heurística”. Este documento também é conhecido no meio como “a patente de Steve Jobs”.

Segundo o blog FOSS Patents, a declaração da USPTO invalida a patente de forma provisória, e por causa disso eles terão que chegar a uma decisão definitiva. Essa solicitação de patente é importante, pois está envolvida em um processo contra a Motorola, e outro, contra a Samsung, e se for bloqueada formalmente, o resultado da apelação de ambos os casos pode mudar a favor das empresas processadas.

Obviamente, em eventual caso de perda dessa patente, a Apple ainda possui milhares de invenções registradas em seu nome para defender os seus produtos e atacar a concorrência nos terminais. A mudança pode não mudar muito as coisas como estão hoje, mas é mais um golpe que a empresa de Cupertino leva em sua empreitada de “vamos processar tudo e todos, como se não houvesse o amanhã”.

ATUALIZADO EM 10/12/2012 @ 08h45: Segundo o site FOSS Patents (a mesma que detectou que a patente citada estava em avaliação) acaba de divulgar que, tal como previsto, a “patente multitouch de Steve Jobs” foi considerada inválida em todos os seus 20 pontos analisados. A Apple pode apelar da decisão, mas a partir de agora, não poderá impedir que outras fabricantes de dispositivos móveis (leia-se Motorola e Samsung, principalmente) de utilizarem as telas sensíveis ao toque com suporte multitouch. Até porque muitos dispositivos já contavam com essa característica antes do iPhone chegar ao mercado. Só a Apple que não via isso…