apple-samsung-trial

A onipresente juíza Lucy Koh, encarregada por julgar a disputa legal entre Apple e Samsung nos Estados Unidos, recusou o processo movido pela empresa de Cupertino contra os coreanos, solicitando a retirada de uma série de dispositivos que supostamente violariam várias de suas patentes.

Apesar da mesma juíza ter determinado que a Samsung pague US$ 120 milhões relativos aos dados e supostos prejuízos sofridos pela Apple por conta dessas violações, fica determinado que o simples pagamento do valor estabelecido em pena é o suficiente para que a questão seja resolvida, não havendo motivos para retirar produtos do mercado.

A Apple alegava que esses produtos causavam ‘danos irreparáveis’ nas vendas das suas próprias soluções, algo que a própria sentença indica que não é bem assim. Por outro lado, a Samsung ficou muito satisfeita com a decisão, indicando que o seus usuários norte-americanos podem seguir utilizando uma ampla solução de ‘proutos inovadores’.

Vale lembrar que, recentemente, Apple e Samsung encerraram suas disputas legais, mas em qualquer lugar do planeta que não responde pelo nome ‘Estados Unidos da América’. E essa decisão pode ser uma das últimas que envolva as batalhas legais entre as duas gigantes da tecnologia.

Via SamMobile