apple park

O Apple Park, super campus que está em construção em Cupertino como nova sede central da Apple, é impressionante para a maioria de nós, que vemos o prédio de fora. Mas não parece agradar a todos os funcionários.

Os escritórios da sede atual da Apple em Cupertino ficaram pequenos para 2.800 pessoas. Para remediar isso, o Apple Park está em construção há seis anos, recebendo um investimento de US$ 5 bilhões.

Com tamanho e design espetaculares, o Apple Park vai ocupar 2,8 milhões de metros quadrados, com grandes áreas verdes. Seu design foi definido por Steve Jobs como “uma nave espacial pousada”, em forma de círculo, com todos os tipos de acomodações para receber 13 mil funcionários.

Possui um auditório para 1.000 pessoas, cafeterias e restaurantes, academias, 300 mil metros de centros de pesquisas, um estacionamento subterrâneo ao longo da nave e uma central de energia própria. Sem falar no próprio QG da Apple.

Porém, as críticas internas chegaram pelo design “aberto” da primeira planta, onde vão trabalhar a maioria dos funcionários. Largas mesas comuns (sem salas) permitiriam aos diferentes times da empresa a trabalharem mais próximas, o que deveria levar a uma melhor colaboração e melhores produtos com esforços somados em todas as divisões.

Já os diretores de alto escalão teriam escritórios com divisões que trabalharão em um edifício próprio ao lado do Apple Park. Outros times, como o de Eddy Cue (por exemplo), também não chegam ao novo campus, ficando na sede original.

Os funcionários começaram a migrar para o Apple Park em grupos de 500 por semana, e a ideia é que os 13 mil empregados estejam trabalhando na nova sede até o final de 2017. Na área de Silicon Valley, a Apple tem 25 mil funcionários.

 

Via Neowin