Não é a primeira vez que a Apple enfrenta um litígio por conta da denominação de alguns de seus produtos, e dessa vez, eles tiveram que colocar a mão no bolso para resolver a disputa. Se você bem se recorda, no final de 2011, a empresa chinesa Proview protestou quando a empresa de Cupertino iniciou o processo de registro da marca iPad no país asiático, como passo prévio da comercialização do produto no país.

E, se você bem se lembra, essa empresa registrou a marca iPad no país em 2000. Com isso, eles solicitaram na Justiça local a interrupção das vendas do tablet da Apple, além de solicitar uma indenização financeira.

Pois bem, tanto Apple como Proview chegaram a um acordo econômico, longe dos tribunais. A Apple vai pagar a quantia de US$ 60 milhões para que o assunto seja totalmente esquecido, e para aqueles que acham que o valor é exorbitante, anote essa informação: segundo o pessoal do The New York Times, a Proview solicitou inicialmente a quantia de US$ 400 milhões, mas o acordo foi alcançado antes da pendência ir para os tribunais de forma definitiva.

Via NYTimes.com