Se você ainda não sabe (e deveria saber), a empresa estatal SBB (ou a empresa ferroviária federal da Suíça) e a Mondaine Watch Group se deram conta que o novo relógio do iOS 6 tinha “uma pequena semelhança” (para não dizer cópia descarada, pois é feio, e muitos sites especializados acreditam que a Apple não copia, apenas “faz referência” a outros produtos) com os seus relógios. E para evitar o tortuoso caminhos dos tribunais, as partes envolvidas preferiram entrar em um acordo amigável sobre a pendência.

De fato, a SBB e a Mondaine estão orgulhosos que uma empresa como a Apple tenha utilizado o seu design para o relógio virtual do sistema operacional móvel, mas ficaram um pouco chateados pelo fato da empresa de Cupertino ter feito isso sem pedir nenhum tipo de autorização. Com isso, as empresas chegaram a um acordo de licença, que dá o direito à Apple de usar o relógio nos seus produtos. Os detalhes concretos do acordo não foram revelados, mas certamente envolveu uma boa quantia de dinheiro para que o mundo siga sem maiores problemas para todas as partes.

Engraçado é que a mesma Apple não faz isso com as empresas que supostamente copiam os seus produtos. Além de dinheiro, quer que os adversários retirem os produtos do mercado. É… para você ver como não tem santo nesse mundo. Nem mesmo em Cupertino. Até lá tem gente copiando as coisas dos outros, e fazendo discurso de “inovadora”. Anham… sei…

Via The Verge