Ainda que pareça difícil de se compreender, a Apple nunca disse que o iPhone usava as telas com Gorilla Glass. Só dizia que contava com um “vidro reforçado”, mas não é a mesma coisa. Porém, isso começa a mudar radicalmente, uma vez que no site da empresa, aparece pela primeira vez a menção do fabricante das telas, a Corning, explicando que seus “parceiros em Kentucky e Nova York produzem a maioria dos vidros para o iPhone”.

Para aqueles que leram a biografia de Steve Jobs, escrita por Walter Isaacson, essa notícia não é nenhuma novidade. O livro explica em detalhes a relação do ex-CEO da Apple e Wendell Weeks, CEO da Corning. De qualquer forma, a Apple decidiu deixar aberto a relação das duas empresas, informando que a Corning é provedora oficial da Apple, eliminando qualquer sombra de dúvida a respeito do assunto.

Vale aqui esclarecer que o produto Gorilla Glass continua sem ser mencionado diretamente pela Apple, mas não é nenhum absurdo pensar que o próximo iPhone vai aproveitar dos benefícios da futura Gorilla Glass 2, para obter uma tela mais fina e mais resistente.

Via Apple