650_1000_ios-vs-android-grande

Temos os números da Kantar ComTech sobre as vendas de smartphones no mês de julho em todo o planeta. Na análise anterior, vimos como o iOS e o Windows Phone cresciam na Europa, enquanto que o Android sofria queda de sua presença em alguns países do continente, mas se mantendo em primeiro lugar. Agora, temos um combinado de tendências.

 

iOS cresce na Europa

Na Europa, vemos tendências diferentes quando analisamos os cinco principais mercados do continente. Em países como Espanha e França, o Android teve um desempenho positivo, chegando a 73,1% no país da Torre Eiffel. Já na Itália, Reino Unido e Alemanha, há um movimento de queda do sistema do Google (3,9%, 6,1% e 6,2%, respectivamente).

A maior queda de um ano para outro foi na Alemanha, enquanto que no Reino Unido a queda do Android se conflui com o maior aumento do iOS (5,5%). No país da Rainha Elizabeth II, o iOS tem 34,1%, contra 55,6% do Android.

Desse modo, na Europa, temos um claro crescimento do iOS (média de 2.1% em relação ao ano passado), provocado pelo sucesso nas vendas do iPhone 6 e 6 Plus. O Kantar aponta o aumento de tela como fator determinante para esse aumento, sem falar na fidelidade dos usuários da Apple, a qualidade dos materiais e a durabilidade do smartphone.

 

Android avança nos Estados Unidos, mas cai na China

No caso dos Estados Unidos, o iOS está em queda (2,3% em um ano), mantendo a tendência das últimas análises, e ficando com uma cota de mercado de 30,5%. Já o Android continua crescendo, e no segundo trimestre de 2015 alcançou a marca de 66,1% dos novos dispositivos vendidos. 78% de todas as vendas do Android nos EUA é concentrada entre Samsung e LG, sendo que a segunda dobrou a sua fatia de mercado no país, roubando alguns clientes da Samsung.

Já na China, o iOS segue aumentando sua presença (7.3% a mais do que em 2014), ficando com 20% do mercado do país. O Android ainda representa 79% dos smartphones vendidos no país asiático. Entre as marcas, a linha Honor da Huawei fez com que o fabricante alcançasse a primeira posição.