iPad

 

Sem realizar um evento para isso, a Apple apresentou oficialmente um novo iPad com tela de 9.7 polegadas.

Na prática, é uma muito discreta atualização de um dispositivo que não traz mudanças substanciais de design ou componentes. É um iPad mais acessível, ou menos caro (como preferem alguns).

Se trata de mais um tablet “grande” com corpo de alumínio, que resulta no desaparecimento do iPad Mini 2 do catálogo da Apple, que por enquanto não recebeu renovações.

 

 

Com tela de 9.7 polegadas (2.048 x 1.536 pixels, 264 ppp), tem o mesmo tamanho do iPad Pro de 9.7 polegadas, mas sem a tela antirreflexo. Dimensões e peso dos dois dispositivos são iguais.

Não contar com o sobrenome “pro” resulta também em um hardware mais modesto, com um processador A9 e sensores de câmeras de 8 MP e 1.2 MP.

 

 

Mantendo as mesmas cores, o principal apelo desse novo iPad é o seu preço inicial sugerido de R$ 2.499 para o modelo de 32 GB, e R$ 2.999 para a versão de 128 GB, todos para a versão apenas com WiFi. Estará disponível no mercado brasileiro a partir de maio, mas já é listado na versão brasileira do site oficial da Apple.

E aí… dá pra pagar esse valor por um tablet em 2017? Lembrando que esse é o tablet da Apple menos caro de sua história.

 

Via Apple