two-dollar-bill001

A pergunta ficou batendo na minha cabeça por muito tempo: quanto custa uma longa batalha nos tribunais entre dois gigantes do mundo da tecnologia?

Em dinheiro, muito dinheiro. E, em vendas, bastante. E quando falamos nesse assunto, é praticamente impossível não mencionar a batalha épica que Apple e Samsung travaram nos últimos anos. E ainda que o fim aparentemente esteja próximo (com uma decisão não favorável para os coreanos), não é difícil supor que a dupla não vai parar por aí na sequência de litígios. Para nosso azar, pois entendo que mais interessante que tudo isso seria essa energia toda gasta em novos produtos.

Bem sabemos que, para esse tipo de disputa judicial, tudo precisa ser muito bem preparado e documentado. Nenhum detalhe pode passar desapercebido pelos advogados, e esse intenso trabalho não pode ficar por conta de meia dúzia de profissionais. Na verdade, um verdadeiro exército de advogados de primeira linha são recrutados para defender essas questões. E… você parou para pensar quanto custa esse trabalho todo?

Pois bem, a documentação apresentada no tribunal da Califórnia pelo pessoal de Cupertino, que basicamente é a “conta” dos serviços dos seus advogados, dá uma amostra do quão cara a brincadeira pode sair: US$ 60 milhões. E, repito: esse valor é para pagar apenas os advogados que trabalharam na disputa.

O escritório de advocacia que cuidou do caso para a Apple foi a Morrison & Foerster, que já conta com uma relação de longa data com a empresa de Cupertino. E, por conta dessa relação, a empresa de advocacia fez um “desconto significativo” para empresa de Tim Cook. Tanto Apple quanto Samsung não se pronunciam sobre o assunto. Até porque as duas já falaram muito nos tribunais.

Via Yahoo! Finance