xappletvipad.jpg.pagespeed.ic._L89gNW1Cy

No começo, o Apple TV nada mais era do que um passatempo para a Apple. Depois, passou a ser uma “área de grande interesse” para Tim Cook e seus comparsas, e agora, estaria a ponto de se transformar em um negócio sério da empresa. Quem informa é Jessica Lessin, ex-jornalista do Wall Street Journal, que garante que a empresa de Cupertino pensa em adicionar recursos mais completos ao produto.

Segundo indica Lassin, a Apple está negociando com as empresas de TV a cabo dos Estados Unidos para oferecer uma tecnologia que permitiria que o assinante evitasse os anúncios comerciais exibidos durante a programação. Por meio de um “equipamento decodificador ou por uma TV da Apple”, seria possível pular os espaços publicitários, pagando é claro um valor adicional.

Esse valor pago seria destinado aos provedores de conteúdo, e no final, os fundos do aluguel do serviço se repartiriam entre as empresas que não podem mostrar os seus anúncios e os criadores de conteúdo. Dessa forma (e no entendimento da Apple), nenhuma das partes seria prejudicada pela ausência de visibilidade de sua marca ou produto durante a reprodução de um programa gravado pelo assinante em um DVR.

Os detalhes sobre essa nova tecnologia ainda são muito escassos, e existe a possibilidade das informações de Jessica serem equivocadas. Caso as informações sejam verídicas, seria uma iniciativa de negócio completamente nova para a Apple, como também seria a primeira vez que a empresa se atreveria a melhorar um produto ou serviço existente desde a revolução musical criada com o iTunes (em relação aos downloads de música).

Via JessicaLessin.com