apple-watch

A Apple foi processada por utilizar a marca iWatch em alguns dos seus anúncios online.

Quando começaram a sair as primeiras informações sobre o seu relógio inteligente, todos se referiram ao Apple Watch como iWatch, um nome que se encaixava perfeitamente com o histórico de produtos lançados pela empresa. Porém, ao que parece, nem a própria Apple poderia utilizar esse nome, pois ele jã tinha dono.

Mesmo assim, a Apple parece ter se esquecido disso, e utilizou a marca em alguns anúncios online, aproveitando obviamente o barulho provocado na internet. E isso pode lhe render um processo milionário.

A marca iWacth está registrada a favor da empresa Problendi, e é avaliada em US$ 100 milhões. Mas imaginamos que as duas empresas envolvidas devem chegar a algum tipo de acordo que seja benéfico para as duas.

Por enquanto, nada pode ser adiantado nesse sentido, mas tudo indica que, se tudo for para os tribunais, a Apple não teria chance alguma de vencer a causa, de modo que a ideia de buscar um acordo ganha muita força.

Esta não é a primeira vez que a Apple é processada por utilizar um nome comercial em seus produtos que já se encontra registrado em um determinado país, e provavelmente não será a última. Ou vocês já se esqueceram do caso do ‘Iphone da Gradiente’ no Brasil?

Via Neowin