macbook pro

 

A Apple detectou o que causou a variação do nível de bateria nos testes do MacBook Pro (2016) pelo Consumer Reports. O problema resultou em uma nota negativa ao novo notebook da empresa.

Nos testes, a autonomia do MacBook Pro registrava variações absurdas em testes repetidos. A Apple iniciou uma investigação par averiguar o tema.

O problema está em um bug no Safari, que em um volume constante de visitas com o mesmo cache poderia registrar drásticas alterações na autonomia de bateria do notebook.

A Apple afirma que este problema não deve afetar os usuários em um uso prático, já que nem é possível (ou recomendável) desligar o cache do navegador.

Fato é que o teste serve apenas como referência, já que o tipo de uso varia muito de pessoa para pessoa. De qualquer forma, o mais importante é que havia um bug, que foi corrigido pela Apple.

Resta agora esperar que a Consumer Reports faça novos testes e publique os resultados, que devem se aproximar dos valores máximos obtidos, o que deve recomendar novamente o novo MacBook Pro.